Espaço Mediar – O Começo da Felicidade Está No Nome

Em Isaías a palavra do Senhor é categórica em dizer que o nosso nome está gravado na palma da sua mão, afere-se assim que o nome é essencial para a vida do indivíduo, trazendo uma marca para o individuo.

Mas já imaginou sofrer constrangimentos diários em razão do seu nome ou passar por situações vexatórias e ter que lidar com isso a vida inteira? Ou em outro contexto você é uma pessoa tão querida no meio que vive ao ponto que o que te identifica é o seu apelido e não o seu nome, e nesse contexto você tem orgulho, alegria por ser conhecido dessa maneira.

O que fazer diante desse contexto? Ora, a Lei Brasileira permite fazer mudanças no nome de registro embora não seja uma tarefa das mais simples. Inicialmente, é preciso entrar com uma ação na Justiça e demonstrar de forma justificada os motivos para a retificação do registro civil ou alteração do prenome, assim se a pessoa se enquadrar diante de algum desses casos ela pode procurar o serviço.

  1. o nome ou o sobrenome causam algum tipo de constrangimento ou situação vexatória;
  2. homônimos (pessoas com nomes idênticos, por exemplo, os pais registram todos os filhos com o mesmo nome);
  3. erros de digitação do escrivão no momento do registro;
  4. nomes excêntricos;
  5. nome de casado;
  6. substituição por apelidos públicos e notórios;
  7. adoção;
  8. proteção a vítima e testemunhas de crimes;
  9. transexuais;

Com efeito, caso se encontre em algumas dessas situações, não tenha medo de mudar e buscar ajuda, casos de alteração são corriqueiros na Justiça brasileira e se bem justificados a alteração certamente será autorizada, com a ressalva que a pessoa não pode simplesmente querer fazer a mudança de má-fé, como por exemplo, se livrar de dívidas.

Portanto, lembre-se o MEDIAR É DIVINO está sempre aberto para te auxiliar, e se o seu nome é o que te trará felicidade, conte conosco!

THALITA XAVIER